Blog
0
Seu carrinho está vazio :(

Anti- Inflamatório FLUMAX JA Saúde Animal 50 ml

SKU: 30020

Modelo: Frasco

anti inflamatorio flumax ja
-42%
  • anti inflamatorio flumax ja
Avaliações - (0)
de R$ 64,90 por
Boleto
R$ 37,90
-42%
no boleto bancário
Cartão R$ 42,10
no cartão em até 5x de R$ 8,42 sem juros
Cartão
R$ 40,85 em 1x no cartão de crédito
Disponibilidade: Disponível (entrega imediata)
Garantia: Sem Garantia
Não sei o meu CEP
x
anti inflamatorio flumax ja
Anti- Inflamatório FLUMAX JA Saúde Animal
R$ 37,90

Características

Posologia

Forma de Aplicação
Vias intramuscular ou intravenosa

Fabricante

Marca
J A Saúde Animal
Modelo
Frasco

Descrição do produto

Flumax® possui alta performance anti-inflamatória, analgésica e antipirética. Além de promover excelente analgesia visceral, o Flunixin Meglumine atua como agente antiendotóxico.

Orientações

- seguir as recomendações de acordo com a bula ou as orientações do médico veterinário.
- O site é apenas uma farmácia Veterinária
- respeitar a carência dos medicamentos de acordo com as recomendações da bula.

FÓRMULA

Cada 100 mL do produto contém:
Flunixin Meglumine ........................................................................................................................ 8,3 g *
Veículo q.s.p. ................................................................................................................................. 100,0 mL
* Equivalente a 5,0 g de Flunixin.


INDICAÇÕES

O Flumax é um potente analgésico, não-narcótico, não-esteroidal, com atividades
anti-inflamatória e antipirética, recomendado nos casos de dor, inflamação e/ou febre
para equinos.


MODO DE USO E DOSAGEM

O produto Flumax deve ser administrado pelas vias intramuscular ou intravenosa, a
cada 24 horas com intervalos de 3 a 5 dias a critério do Médico Veterinário, utilizando
seringa e agulha estéreis e descartáveis. Procedimentos assépticos devem ser utilizados
na aplicação.
Em equinos administrar 1 mL do produto para cada 45 kg de peso vivo, o que corresponde
a 1,1 mg de Flunixin Meglumine, para alívio da dor associada à cólicas/endotoxemia.


PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS

Doses superiores a 10 mL do produto devem ser divididas em dois ou mais pontos de
aplicação.
Respeitar às indicações de dose e duração de tratamento.
Não aplicar por via intra-arterial.
Obedecer às indicações de armazenamento do produto.
Utilizar seringas e agulhas estéreis, observando as boas práticas de assepsia.
Aplicar com precaução em animais com ulceração gastrintestinal ou com desordens
renal, hepática ou hematológica preexistentes.
Recomenda-se evitar ou aplicar com máxima precaução e supervisão do Médico
Veterinário a droga em fêmeas prenhes.
Caso ocorra uma reação alérgica, suspender a administração do produto imediatamente.
Não guardar o produto próximo a alimentos, bebidas, outros medicamentos, produtos de
higiene pessoal ou doméstica.
Evite fumar ou alimentar-se durante o manuseio.
Não lavar as embalagens vazias ou jogá-las em rios ou mananciais. Não reaproveitar as
embalagens vazias, que devem ser destruídas por incineração.
Lavar as mãos após o manuseio.
O medicamento deve ser utilizado sob orientação de um Médico Veterinário.


EFEITOS COLATERAIS

As principais toxicidades dos AINES estão associadas aos sistemas gastrintestinal,
hematopoiético e renal.
A lesão gastrintestinal é o efeito colateral mais comum e sério. A erosão e a ulceração
gastroduodenais refletem a inibição, mediada pela prostaglandina E2, da secreção do
bicarbonato e de muco, a epitelização e o fluxo sanguíneo. O controle da secreção do
ácido gástrico fica consequentemente diminuído, bem como, a secreção de muco e de
bicarbonato, a epitalização e o fluxo sanguíneo da mucosa.
Todos os AINEs são capazes de prejudicar a atividade plaquetária relacionada à síntese
de tromboxano.
A nefropatia analgésica é um efeito adverso comum dos AINES nos seres humanos,
todavia, ela não ocorre tão frequentemente nos animais domésticos, em parte porque as
drogas não são utilizadas tão cronicamente. No rim, as prostaglandinas vasodilatadoras
são protetoras, assegurando que a vasodilatação medular e o débito cardíaco continuem
durante os estados de vasoconstrição arterial e renal. A perda desse efeito protetor
torna-se importante nos pacientes com a função renal comprometida. Os pacientes
predispostos a nefropatia analgésica incluem pacientes geriátricos, pacientes sofrendo
de doenças cardíacas, renais ou hepáticas, pacientes em estados hipovolêmicos (choque
e a desidratação), e pacientes que recebem drogas nefrotóxicas (aminoglicosídeos, por
exemplo) ou nefroativas (diuréticos).
Deve-se tomar cuidado para evitar administração intra-arterial da droga. Se aplicada
erroneamente, pode haver estimulação do Sistema Nervoso Central (SNC), ocorrendo
histeria, ataxia, hiperventilação e fraqueza muscular, no qual, esses sintomas são
transitórios e não requerem quaisquer medidas de controle.


CONTRAINDICAÇÕES

O produto não deve ser aplicado por outra via que não seja intramuscular ou intravenosa.
Não administrar o produto em animais com histórico de hipersensibilidade aos
anti-inflamatórios não esteróides.
Não utilizar medicamentos com o prazo de validade vencido.
Não administrar em animais com ulceração gastrintestinal, lesão cardíaca grave,
insuficiência renal ou hepática, ou àqueles com evidência de distúrbio hematológico.


INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS

A associação de dois anti-inflamatórios não esteróides pode aumentar o risco ulcerígeno
ou renal e hemorragia digestiva, por adição de efeito ou sinergismo. A associação com um
glicocorticóide pode comportar os mesmos riscos, porém, não são confirmados na
prática. Talvez porque os corticóides, por seu efeito indutor enzimático, possam
aumentar a eliminação dos AINEs.
Quando associados a anticoagulantes orais (terapêutica ou intoxicação) ou heparina
parenteral, tem-se o aumento do risco de hemorragias, devido à inibição da função
plaquetária e agressão da mucosa gastrointestinal.
Na associação com anti-hipertensivos (beta bloqueadores), tem-se a redução do efeito
hipertensor, pela inibição das prostaglandinas vasodilatoras. A inibição das prostaglandinas
pode diminuir a filtração glomerular, resultando em insuficiência renal aguda, quando
associados a diuréticos.


CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO

Conservar em local seco e fresco, à temperatura ambiente entre 15 °C e 30 °C, ao abrigo da
luz solar, fora do alcance de crianças e animais domésticos. Utilizar o produto até 6 meses
após a primeira aplicação.


“ATENÇÃO: OBEDECER AO SEGUINTE PERÍODO DE CARÊNCIA”
EQUINOS: O PRODUTO NÃO DEVE SER ADMINISTRADO EM EQUINOS DESTINADOS AO
CONSUMO HUMANO.

PRAZO DE VALIDADE
Fab.: Dez/2020 - Val.: Dez/2022
Part: 033/20

Ofertas relacionadas

Avaliações do produto

Ei, esse produto ainda não foi avaliado!

Conte para todos o que você achou dele.

Agromania e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.